Arquivo da categoria: Cultura

2ª Festival de Cervaja Artesanal de Olinda.

Os amantes da cerveja artesanal ou quem quiser apreciar a bebida pela primeira vez j√° deve anotar a data do 2¬™ Festival de Cerveja Artesanal de Olinda. O evento ocorre nos dias 30 e 31 de agosto e encerra no dia primeiro de setembro, na Pra√ßa do Carmo.¬† No local, ser√£o montadas estruturas como palcos para apresenta√ß√Ķes culturais, estandes para comercializa√ß√£o das cervejas, feirinha de artesanato, √°rea kids e pra√ßa de alimenta√ß√£o.

O Festival √© promovido pela Secretaria de Patrim√īnio, Cultura,Turismo e Desenvolvimento Econ√īmico de Olinda em parceria com a Associa√ß√£o Pernambucana das Cervejas Artesanais (APECERVA). Esse ano, o evento conta com mais cervejarias envolvidas do que o ano passado, 25 marcas diferentes, em 2018 foram 19 participantes. Al√©m de produ√ß√Ķes pernambucanas, o Festival vai oferecer cervejarias artesanais de outros estados (SE, AL, PB, RN).

O objetivo do evento √© gerar impacto na economia do munic√≠pio e valorizar a cultural local, com m√ļsicas como rock, samba, coco, frevo, MPB, maracatu e outros.
2BA74A2F-5224-4485-9F5E-D23FFC4EEEAE
Na sexta-feira (30.08), o 2¬ļ Festival de Cerveja Artesanal de Olinda come√ßa a partir das 16h com as bandas Coco de Seu Man√©, Leide do Banjo e Seu Lunga. J√° no s√°bado, dia 31 de agosto, ter√° um cortejo na pr√≥pria Pra√ßa do Carmo, com orquestras de frevo, depois tem apresenta√ß√£o da banda LaTrinca e cover de Reginaldo Rossi e banda Tributo. No √ļltimo dia do Festival, a programa√ß√£o come√ßa mais cedo √†s 14h com cortejo de Maracatu, banda Caf√© Preto, e Junior Chumbago e fam√≠lia.

Entre as cervejarias artesanais que estar√£o presentes no 2¬ļ Festival, as pessoas podem conferir marcas como: Duv√°lia, Capunga, Seis Punhos, Quatro Cantos, DeBron, Navegantes, Hellcife, e Babylon.

CURIOSIDADE

De acordo com especialistas, a principal diferença entre a cerveja industrial e a a artesanal (também chamada de gourmetizada) é o processo de produção e fabricação. Na industrializada, geralmente se utiliza 60% de malte (grãos selecionados como a cevada) e se acrescenta outros cereais e produtos químicos para diminuir os custos de produção. Já a artesanal é realizada com ingredientes mais selecionados. Há maior teor do malte e demora na fermentação.

CEMO divulga edital com 230 vagas para estudantes novatos.

Processo de inscrição vai ser pela Internet

¬†A Secretaria de Educa√ß√£o, Esportes e Juventude de Olinda divulgou o edital para o preenchimento de 230 vagas nos cursos de inicia√ß√£o musical, musicaliza√ß√£o infantil e regular de m√ļsica no Centro de Educa√ß√£o Musical de Olinda ‚Äď CEMO.¬† As inscri√ß√Ķes ser√£o realizadas de 16 a 19 de julho exclusivamente pelo site:¬†www.cemo2019.wixsite.com/cemo2019 ¬†¬†

As oportunidades estão distribuídas em 11 cursos. O violão clássico é o que tem a maior oferta com 70 vagas. Depois da inscrição, o candidato participará de um sorteio, no dia 23 de julho. Os estudantes sorteados devem realizar a efetivação da matrícula nos dias 24 e 25/07. Os novos alunos precisam apresentar fotocópias legíveis do RG e CPF (no caso de menor de idade o do responsável); certidão de nascimento ou casamento; comprovante de residência; uma foto 3×4; boleto com a taxa de matrícula, no valor de R$ 40,00). 

 

A idade mínima para ingressar no CEMO é de seis anos. Jovens e adultos entre 13 e 45 anos participam de aulas teóricas para formação básica e a prática instrumental. Entre os cursos oferecidos, os estudantes poderão optar por canto erudito, canto popular, cavaquinho, contrabaixo elétrico, flauta doce, flauta transversal, percussão popular, trombone, trompa, violão clássico e saxofone. 

20ª Feneart de 03 a 14 de julho em Olinda.

Maior Feira de Artesanato da América Latina, palco onde os saberes populares afloram e são valorizados, celebra a ciranda de todas as artes

Ciranda √© uni√£o, √© todos juntos de m√£os dadas. Mais do que entrar numa roda, cantar e dan√ßar, cirandar √© uma manifesta√ß√£o de todos e para todos.Dessa forma, uma das express√Ķes mais populares e democr√°ticas de Pernambuco vai transformar a 20¬™ Feira Nacional de Neg√≥cios do Artesanato (Fenearte) em uma grande roda em torno das artes. O evento, que acontece entre os dias 03 e 14 de julho, no pavilh√£o do Centro de Conven√ß√Ķes, em Olinda, homenageia Mestre Baracho, falecido em 1988, Dona Duda e Lia de Itamarac√°, Patrim√īnio Vivo de Pernambuco. Eles s√£o os precursores do ritmo em nosso Estado, que surgiu na Zona da Mata e consolidou-se no Litoral. Uma tradi√ß√£o cultural que refor√ßa a identidade, a mem√≥ria coletiva e o pertencimento dos pernambucanos. E com esse sentimento, a Feira que √© motivo de orgulho e exemplo da voca√ß√£o pernambucana para trabalhar e empreender, festeja a marca hist√≥rica de vinte edi√ß√Ķes apresentando o potencial da economia criativa de Pernambuco, do Brasil e de 21 pa√≠ses.

Ao longo de doze dias, esta importante catalizadora de talentos receber√° 5 mil expositores distribu√≠dos em 800 espa√ßos em uma √°rea de 30 mil¬†m¬≤. Com investimento de R$ 5,5 milh√Ķes, o evento vai gerar cerca de 2,5 mil vagas de empregos tempor√°rios e tem uma expectativa de superar a movimenta√ß√£o financeira de R$ 43milh√Ķes da edi√ß√£o passada. A Fenearte espera atrair mais de 300 mil visitantes e √© oportunidade de neg√≥cios, informa√ß√£o, conhecimento e muita divers√£o.

O evento reunir√° atra√ß√Ķes para todos os gostos e chega nesta vig√©sima edi√ß√£o cheio de novidades: oficinas in√©ditasde saberes ancestrais, palestras com nomes da cena criativa nacional, sal√Ķes de arte, desfiles de moda, mostra de decora√ß√£o, teatro infantil, a√ß√Ķes de cidadania, p√≥los de gastronomia e alimenta√ß√£o artesanal. O destaque fica para a programa√ß√£o art√≠stica inteiramente focada na cultura pernambucana e suas pr√°ticas tradicionais com a ciranda no centro das celebra√ß√Ķes.

PERNAMBUCOA produ√ß√£o artesanal do Estado, sempre plural em sua ess√™ncia, √© ressaltada na Alameda dos Mestres pelos 64 artistas de todas as regi√Ķes pernambucanas. Nesta edi√ß√£o, 82 representa√ß√Ķes de prefeituras locais tamb√©m marcam presen√ßa, al√©m de 300 estandes de expositores pernambucanos. Ao todo, Pernambuco ter√° 70% de participa√ß√£o no evento.

A Fenearte, juntamente com o Centro de Artesanato de Pernambuco, entre outras iniciativas do Governo do Estado de Pernambuco,é, atualmente, a principal plataforma de geração de negócios do setor e consolida-se como o maior evento da América Latina. A Feira tem como objetivo valorizar e difundir os saberes tradicionais, estimular o potencial de crescimento dos artesãos e artesãs, funcionando como importante elemento estruturador da Cadeia Produtiva do artesanato local.

“A¬†Fenearte chega √† sua 20¬™ edi√ß√£o como¬†um grande exemplo de valoriza√ß√£o da nossa cultura e dos nossos artistas. Um evento de resist√™ncia da manifesta√ß√£o art√≠stica popular, que vem, a cada ano, agregando novos elementos e encantando mais gente.¬†¬†E com a homenagem √† Lia de Itamarac√°, Dona Duda e ao mestre Baracho, vamos fazer uma grande ciranda¬†em celebra√ß√£o √† uni√£o de todos e todas. Tenho certeza de que teremos uma Feira ainda mais bela e democr√°tica, refor√ßando gera√ß√£o de renda e de empregos e a rela√ß√£o do nosso povo com as nossas ra√≠zes”, destacou o governador Paulo C√Ęmara.¬†

CONFIRA AS NOVIDADES DESTA 20 ªEDIÇÃO

OFICINAS‚ÄďContribuindo para a preserva√ß√£o da mem√≥ria, al√©m do resgate das t√©cnicas¬†tradicionais, e suscitando a convic√ß√£o de que importantes manifesta√ß√Ķes n√£o v√£o se extinguir, uma grade de oficinas in√©ditas ser√° oferecida. Trata-se de uma excelente oportunidade para quem deseja aprender t√©cnicas seculares, como alfenin, renda de bilro, entre outras. As oficinas s√£o gratuitas e ser√£o realizadas no mezanino, mesmo local das inscri√ß√Ķes.

PROGRAMAÇÃO DE OFICINAS

OFICINA

DATA

HOR√ĀRIO

 

BORDADOLIVRE

 

IZABELA MELO ‚Äď JABOAT√ÉO DOS GUARARAPES

 

03, 04 E 05 DE JULHO

14:30 ÀS 17:30

 

18:00 ÀS 21:00

 

 

06 DE JULHO

13:00 ÀS 16:00

 

17:00 ÀS 20:00

 

 

ALFININ ‚Äď A BALINHA DOCE

 

JOSE OTAVIANO – AGRESTINA

 

03, 04 E 05 DE JULHO

14:30 ÀS 17:30

 

18:00 ÀS 21:00

 

 

06 DE JULHO

13:00 ÀS 16:00

 

17:00 ÀS 20:00

 

 

M√ĀSCARA DE URSO

 

CINTIA VIANA ‚Äď TRACUNHA√ČM

 

11 E 12 DE JULHO

14:30 ÀS 17:30

 

18:00 ÀS 21:00

 

 

13 E 14 DE JULHO

13:00 ÀS 16:00

 

17:00 ÀS 20:00

 

CIRANDA DA DIVERSIDADE ‚Äď RECICLAGEM DE PAPEL

 

ELIZABETH CYRNE ‚Äď JABOAT√ÉO DOS GUARARAPES

11 E 12 DE JULHO

14:30 ÀS 17:30

 

18:00 ÀS 21:00

 

 

13 E 14 DE JULHO

13:00 ÀS 16:00

 

17:00 ÀS 20:00

 

BONECAS ABAYOMI

 

CHRISTIANE MENDES ¬†–CARUARU

03, 04, 05 DE JULHO

14:30 ÀS 17:30

 

18:00 ÀS 21:00

 

 

06 DE JULHO

13:00 ÀS 16:00

 

17:00 ÀS 20:00

 

 

BUMBA MEU BOI EM PET

 

 

EDINELEA GOMES –

OLINDA

 

08, 09 e 10 DE JULHO

14:30 ÀS 17:30

 

18:00 ÀS 21:00

 

 

07 DE JULHO

13:00 ÀS 16:00

 

17:00 ÀS 20:00

 

ARTESANATO EM COURO DE TIL√ĀPIA

 

MARIA DE FATIMA BELEM – PETROL√āNDIA

07 DE JULHO

13:00 ÀS 16:00

 

17:00 ÀS 20:00

 

 

08, 09 E 10 DE JULHO

14:30 ÀS 17:30

 

18:00 ÀS 21:00

 

RENDANDO COM BILROS

 

DILMA PEREIRA – RECIFE

08, 09 E 10 DE JULHO

14:30 ÀS 17:30

 

18:00 ÀS 21:00

 

07 DE JULHO

13:00 ÀS 16:00

 

17:00 ÀS 20:00

 

XILOGRAVURAS

 

GABRIELA CARVALHO – RECIFE

08, 09 E 10 DE JULHO

14:30 ÀS 17:30

 

18:00 ÀS 21:00

 

07 DE JULHO

13:00 ÀS 16:00

 

17:00 ÀS 20:00

 

TAPEÇARIA

 

IZABEL GONÇALVES РLAGOA DE CARRO

04, 05 e 06 DE JULHO

 

14:00 às 16:00

MINI

ESTANDARTES

 

ANA BEATRIZ  РMORENO

11 E 12 DE JULHO

14:30 ÀS 17:30

 

18:00 ÀS 21:00

 

13 E 14 DE JULHO

13:00 ÀS 16:00

 

17:00 ÀS 20:00

 

MINI

TRAPE√áARIA SUSTENT√ĀVEL

 

MARINA CORREIA – RECIFE

11 E 12 DE JULHO

14:30 ÀS 17:30

 

18:00 ÀS 21:00

 

13 E 14 DE JULHO

13:00 ÀS 16:00

 

17:00 ÀS 20:00

 

 

LINHAS PINGOUIN ‚Äď CROCHE, AMIGUIRUMI, TRIC√Ē E MACRAME COM MARLI – RECIFE

 

03, 04, 05, 08, 09, 10, 11 e 12 DE JULHO

 

15:00 ÀS 17:00

 

18:00 ÀS 20:00

 

 

06, 07, 13 e 14 DE JULHO

10:00 ÀS 12:00

 

15:00 ÀS 17:00

 

18:00 ÀS 20:00

 

 

SAL√ēES DE ARTE POPULAR ANA HOLANDA E ARTE POPULAR RELIGIOSA / GALERIA DOS RECICLADOS ‚Äď A programa√ß√£o da Fenearte extrapola o pavilh√£o do Centro de Conven√ß√Ķes e, logo na entrada do evento, traz o Sal√£o de Arte Popular Ana Holanda, o Sal√£o de Arte Popular Religiosa e a Galeria dos Reciclados. As mostras, que exp√Ķem 190 trabalhos de v√°rias partes do Pa√≠s, se comunicam entre si apesar das linguagens e tem√°ticas distintas. Instaladas numa √°rea bem destacada pr√≥xima √†s bilheterias,√© um convite para interpreta√ß√Ķes de cada olhar.

Curadoria dos Sal√Ķes– O arquiteto e colecionador Carlos Augusto Lira √© o curador do 14¬ļ Sal√£o de Arte Popular. Para o 3¬ļ Sal√£o de Arte Popular Religiosa, Frei Rinaldo Pereira, gestor do Museu de Arte Sacra de Pernambuco (Maspe) selecionou pe√ßas que traduzem a pluralidade de representa√ß√Ķes religiosas. O designer Ticiano Arraes assina a curadoria da 12¬™ Galeria de Reciclados com cria√ß√Ķes que contribuem para uma reflex√£o sobre a sustentabilidade. A diversidade de tipologias e estilos art√≠sticos √© o que permeia os trabalhos selecionados.

Premia√ß√£o‚Äď Em cada concurso, 3 ganhadores foram escolhidos por uma comiss√£o julgadora formada por artistas, colecionadores, estudiosos e formadores de opini√£o. As obras vencedoras ir√£o receber um pr√™mio de R$ 8,6 mil. E, durante a Feira, haver√° ainda uma vota√ß√£o do Pr√™mio Aclama√ß√£o que vai eleger a melhor pe√ßa de cada exibi√ß√£o, por meio do voto popular em urna eletr√īnica presente no local. Cada vencedor receber√° R$ 2 mil.

ESPA√áO MUSEU DO HOMEM DO NORDESTE – O Museu do Homem do Nordeste (Muhne), em comemora√ß√£o aos seus 40 anos, traz um recorte do seu rico acervo e apresenta a exposi√ß√£o “Ciranda de Ideias. ¬†Em uma √°rea de 150 m¬≤,no mezanino, a instala√ß√£o museol√≥gica exibir√° pe√ßas de indument√°rias que representam os nove estados do Nordeste formando uma ciranda. A iniciativa tamb√©m marca os 70 anos da Funda√ß√£o Joaquim Nabuco.

ESPA√áO JANETE COSTA ‚Äď O Espa√ßo Janete Costa, localizado pr√≥ximo √† bilheteria da Fenearte, completa 17 anos valorizando o di√°logo entre artesanato e design e o seu uso na decora√ß√£o. Nesta edi√ß√£o, o Espa√ßo traz uma pequena mostra decorativa com sala, estar, quarto e terra√ßo. Novos designers pernambucanos assinam o mobili√°rio dos ambientes, entre eles o Coletivo Tuia e o Est√ļdio Alfaia. Para comemorar, al√©m de apresentar ambientes contempor√Ęneos e cheios de identidade, o lugar receber√° uma importante grade de palestra com nomes do design nacional e internacional. Idealizado pelas arquitetas Bete Paes e Roberta Borsoi, o Espa√ßo √© inspirado na atua√ß√£o de Janete Costa. Falecida em 2008, a arquiteta pernambucana e uma das maiores do Brasil, era uma √°vida pesquisadora da cultura popular brasileira e sempre buscou o seu reconhecimento.

As palestras, abertas ao p√ļblico entre os dias 04 e 11 de julho, ir√£o abordar temas como design, artesanato, sustentabilidade, artes pl√°sticas,curadoria emoda. S√£o gratuitas com dura√ß√£o de 60 minutos e capacidade para 70 pessoas sentadas. Para participar, os visitantes dever√£o retirar a senha de acesso no local uma hora antes do in√≠cio. Tamb√©m haver√° o lan√ßamento do livro ‚ÄúDecora‚ÄĚ de Maur√≠cio Arruda, arquiteto e apresentador do programa do GNT, com uma noite de aut√≥grafos tamb√©m seguida de palestra.

PROGRAMAÇÃO DE PALESTRAS

‚ÄĘ Dia 04 (quinta-feira) Design

18h- Zizi Carderari (SP)-Apresenta√ß√£o do Projeto Sert√Ķes Pernambuco

Jornalista de decoração e designer têxtil com trabalhos com artesãos;

‚ÄĘ Dia 05 (sexta-feira) Artesanato

16h – Marcia Kemp (SP)- Nannacay e √Āria Social

Empres√°ria e Estilista;

18h-Renan Quevedo (SP) -100 mil Km de buscas por artistas populares brasileiros

Novos para Nós: Pesquisador da Arte Popular Brasileira;

‚ÄĘ Dia 06 (s√°bado) Decora√ß√£o

16h-Mauricio Arruda (SP) РDesign, Inovação e Sustentabilidade                                                         Lançamento do livro Decora

Arquiteto, designer de produto e apresentador do Programa Decora;

‚ÄĘ Dia 08 (segunda-feira) Curadoria

16hRonaldo Fraga (MG) – Mentoria com novos criadores de Pernambuco

Estilista, designer de moda, autor de livros.

18h –Ad√©lia Borges (SP) -A valoriza√ß√£o do artesanato no contexto internacional

Curadora e historiadora do design e artesanato;

‚ÄĘ Dia 09 (ter√ßa-feira) Design Artesanal

16h – Coletivo Tuia (PE) ‚ÄďA Valoriza√ß√£o e Expans√£o do Design de produto de Pernambuco.

Jovens designers

18h РClaudia Albino (PT) -Design e artesanato na significação dos lugares portugueses

Professora, doutora em Design. Universidade de Aveiro;

‚ÄĘ Dia 10 (quarta-feira) Projeto Cultural / Design e Artesanato

16h РProjeto Dumar (PB) РUm Olhar poético sobre a Paraíba

Danielle Jensen, Jessier Quirino e Renata Gadelha

18h –Simone Quintas (MG) -Semana Criativa de Tiradentes .

Jornalista e coordenadora geral da Semana Criativa de Tiradentes;

Dia 11 Curadoria e Artes Pl√°sticas

16h – L√ļcia Santos (PE) – Olhar ao Redor

Galerista da Amparo 60;

18h –Fernando Cocchiarale (RJ) – Arte Contempor√Ęnea, Novas M√≠dias e Meios Artesanais

Filósofo, professor, curador;

Dia 12 Artes Visuais

18h –Branca de Oliveira (SP) – A natureza singular da cria√ß√£o art√≠stica e sua relev√Ęncia como ato de resist√™ncia em tempos sombrios.

Professora da ECA / USP de Artes Visuais.

Interc√Ęmbio –O Espa√ßo Janete Costa tamb√©m receber√° o interc√Ęmbio de doismestres convidados de Minas Gerais:

Wagner Trindade, marceneiro e serralheiro que produz lumin√°rias em cobre.

Higino D’Almeida, um dos mais populares escultores de madeira da atualidade, considerado um dos re-descobridores do Barroco mineiro.

ALAMEDA DOS MESTRES‚Äď Muitos s√£o os protagonistas da Fenearte, mas quem d√° as boas vindas aos visitantes s√£o os 64 artistas pernambucanos reunidos na Alameda dos Mestres.O emblem√°tico local apresenta trabalhos elaborados nas mais variadas t√©cnicas e tipologias desses ilustres s√≠mbolos de resist√™ncia e afirma√ß√£o da nossa identidade, mantenedores de hist√≥rias que perpetuam o conhecimento do of√≠cio por gera√ß√Ķes. Na Alameda, o p√ļblico poder√° vivenciar uma experi√™ncia imersiva na express√£o da singularidade da cultura material pernambucana, que se concentra em suas ra√≠zes e em seu poder transformador.

DESTAQUES DA CENOGRAFIA ‚ÄďCom o desafio de criar um projeto cenogr√°fico que mexa com as emo√ß√Ķes do p√ļblico a cada edi√ß√£o, o arquiteto Carlos Auguto Lira aposta na soberania dos homenageados neste ano. Pain√©is com imagens de Mestre Baracho, Dona Duda e Lia de Itamarac√° ilustram a fachada. Na Alameda dos Mestres o ponto alto, literalmente, s√£o tr√™s lustres gigantes e girat√≥rios que fazem alus√£o ao movimento da ciranda. A sinaliza√ß√£o, valorizadacom uma comunica√ß√£o visual mais eficiente,refor√ßa a preocupa√ß√£o com a melhoria da mobilidade do p√ļblico no evento.


ESTADOS E PA√ćSES – O Programa do Artesanato Brasileiro (PAB) mostra a produ√ß√£o artesanal da Federa√ß√£o, al√©m dos expositores individuais de todas a regi√Ķes do Pa√≠s. Esse caldeir√£o criativo faz da Fenearteuma excelente oportunidade para o p√ļblico conferir a riqueza, a qualidade e a diversidade do artesanato produzido no Brasil. Tudo em um s√≥ lugar.O setor internacional, sempre muito concorrido,contar√° com 21 pa√≠ses ocupando 40 estandes.

CIRANDA DE NEG√ďCIOS‚Äď O Sebrae/PE ter√° um espa√ßo que ocupa uma √°rea de 540m¬≤ para abrigar uma exposi√ß√£o, rodadas de neg√≥cios e uma loja colaborativa para venda de produtos de 60 artes√£os origin√°rios de munic√≠pios atendidos pela institui√ß√£o no estado. O Sebrae contou com a parceria do Governo do Estado e o Marco Pernambucano da Moda para desenvolver suas a√ß√Ķes para essa edi√ß√£o do evento.Na Rodada de Neg√≥cios estar√£o presentes 40 lojistas/compradores de v√°rios estados do Brasil: S√£o Paulo, Cear√°, Rio de Janeiro, Bahia, Minas Gerais, Recife, Rio Grande do Norte, Manaus, Santa Catarina, Bras√≠lia.
Os compradores podem inscrever-se para participar pelo link http://www.rodadasebrae.com.br/fenearte2019, até o dia 03 de julho.

Em 2018, as Rodadas de Neg√≥cios do Sebrae na Fenearte geraram um total de R$ 4,1 milh√Ķes, entre neg√≥cios diretos e realizados em at√© um ano. Na edi√ß√£o passada, houve um total de 503 encontros entre 54 lojistas e 233 artes√£os. Entre os produtos mais procurados, destacaram-se os artesanatos em cer√Ęmica, madeira e xilogravuras.

Prepara√ß√£o ‚Äď O Sebrae realizou duas atividades preparativas intituladas Jornadas Criativas, uma de artesanato e outra de moda.¬† Para desenvolver essas atividades, a institui√ß√£o convidou a designer¬†Rosana Cohen, que orientou um grupo de 12 artes√£os, e o estilista¬†Ronaldo Fraga, para prestar mentoria para 15 empreendedores criativos de moda autoral.

PASSARELA FENEARTE‚ÄďReconhecida por apresentar talentos e destacar projetos sociais e marcas genuinamente pernambucanas, a Passarela Fenearte trar√° este ano 16 desfiles, no per√≠odo de 06 a 13 de julho, sempre √†s 18h e 19h. Logo na abertura, o desfile da Cole√ß√£o Cirandas” trar√° as produ√ß√Ķes criadoresorientados pelo Sebrae-PE e sob a mentoriado mineiro Ronaldo Fraga, um dos principais estilistas no que se refere √† moda com DNA do Brasil.

06/07

07/07

08/07

09/07

10/07

11/07

12/07

13/07

18h

Ronaldo Frada ‚Äď Jornada Criativa Sebrae

Secretaria da Mulher de Pernambuco

Unicost

FACULDADE SENAC PERNAMBUCO | Caruaru

UNIFAVIP | WYDEN

UNIBRA

UNIFBV | WYDEN

Lívia Valença

19h

UFPE Campus Recife

Secretaria da Mulher de Pernambuco

Quilombolas de Conceição das Crioulas Salgueiro

FACULDADE SENAC PERNAMBUCO- RECIFE

 

UFPE-CAA

Senai Caruaru

 

AMAP

 

Cyntya Verçosa

PRA√áAS DE DESCANSO‚Äď Para a sele√ß√£o dos projetos arquitet√īnicosdas cinco Pra√ßas de Descanso foi realizado, pela primeira vez na Fenearte, um concurso entre as faculdades de arquitetura do Estado com o apoio do Conselho de Arquitetura e Urbanismo (CAU) se√ß√£o Pernambuco. Ao todo, 14 equipes de sete institui√ß√Ķes de ensino foram inscritas. O j√ļri, composto por integrantes do CAU, AD Diper, Empetur e sociedade civil, considerou o tema Ciranda nos projetos, valorizando n√£o apenas a dan√ßa t√≠pica do Litoral e Zona da Mata Pernambucanos, mas tamb√©m o ato coletivo, democr√°tico, genu√≠no e agregador. No decorrer do evento, as pra√ßas ser√£o novamente avaliadas pelosjurados, classificadas em 1¬ļ, 2¬ļ e 3¬ļ lugar e receber√£o trof√©us. No total, participam 23 alunos classificados das seguintes institui√ß√Ķes:Esuda, Unicap, Uninassau e Unifg.

BOTECO APECERVA РEste ano, 16 produtores de cervejas artesanais de Pernambuco estarão reunidos no Boteco Apecerva, no mezanino. Serão comercializados chopes, garrafas e produtos alusivos às marcas Babylon

FriedaHaus, GrunhsBier, Hellcife, Manguezal, Marcolino, Seis Punhos, Capibabier, DeBron, Duv√°lia, Ek√§ut, Estrada, Malakoff, Navegantes, R√ĄYE e Riffen. Ao todo, ser√£o mais de 50 tipos de cervejas pernambucanas e a expectativa da Associa√ß√£o Pernambucana de Cervejarias Artesanais (Apecerva) √© que sejam vendidos quatro mil litros de cerveja nesta edi√ß√£o.

PROGRAMA CHAP√ČU DE PALHA– O Programa Chap√©u de Palha, de pol√≠ticas p√ļblicas criado como alternativa de apoio para os trabalhadores rurais da cana-de-a√ß√ļcar,participanovamenteda Fenearte. Desta vez ser√£o dois formatos: Um estandena √°rea externacom distribui√ß√£o de mudas; e um dentro da Feira para os artes√£os ligados ao programa comercializarem seus produtos. Criado em 1988 pelo Governador Miguel Arraes no enfrentamento do problema do desemprego em massa no per√≠odo de entressafra, o Programa foi institucionalizado em 2007 pelo Governador Eduardo Campos. No Governo Paulo C√Ęmara, o Chap√©u de Palha continua sendo prioridade e chega este ano a 13¬į edi√ß√£o consecutiva desde a sua reedi√ß√£o. De 2015 a 2018, o Chap√©u de Palha beneficiou mais de 193 mil fam√≠lias, com investimentos em bolsas que ultrapassam R$ 160 milh√Ķes.

APLICATIVO ‚Äď Pelo terceiro ano consecutivo, a Fenearte ter√° um aplicativo exclusivo desenvolvido por alunos da rede p√ļblica estadualque j√° est√° dispon√≠vel na Apple Store. Por meio do Desafio APP FENEARTE 2019, realizado entre os meses de mar√ßo e maio, foi selecionado, entre 11 projetos inscritos, o APP da Escola T√©cnica Estadual Ariano Villar Suassuna, em Garanhuns. Sob a orienta√ß√£o do professor Gilson Moraes Lara, o grupo, formado por dez estudantes, desenvolveu um aplicativo para dispositivos m√≥veis (smatphones e tablets compat√≠veis para Android e iOS) com toda programa√ß√£o e servi√ßos dispon√≠veis no evento. Nos anos anteriores, o aplicativo foi desenvolvido por estudantes da Escola T√©cnica Estadual (ETE) Ministro Fernando Lyra em Caruaru e da Escola T√©cnica Estadual (ETE) Maria Jos√© Vasconcelos, em Bezerros. O Desafio APP √© uma realiza√ß√£o da Secretaria de Educa√ß√£o e Esportes do Estado divulgou em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Econ√īmico, atrav√©s da Ag√™ncia de Desenvolvimento Econ√īmico de Pernambuco (AD Diper).

√ćNDIOS – A arte produzida pelas comunidades ind√≠genas brasileiras tem espa√ßo garantido na Fenearte. Nesta edi√ß√£o estar√£o presentes as seguintes etnias: Fulni-√ī, Xukuru, Kambiw√°, Pankararu, Atikum, Kapinaw√° (Pernambuco), Patax√≥ (Bahia)¬†e Kariri-xoc√≥ (Alagoas).

APRESENTA√á√ēES CULTURAIS e ATIVIDADES INFANTIS ‚Äď A Fenearte cumpre seu papel educativo e inclusivo trazendo uma programa√ß√£o selecionada pela Fundarpe,inteiramente focadana valoriza√ß√£o da cultura pernambucana com apresenta√ß√Ķes de Patrim√īnios Vivos de Pernambuco e grupos de v√°rias regi√Ķes do Estado. A divers√£o tamb√©m n√£o vai faltar para a garotada com apresenta√ß√Ķes de Teatro Infantil e as atividades recreativas da Escolinha de Arte do Recife. A programa√ß√£o completa est√° dispon√≠vel no sitewww.fenearte.pe.gov.br e no APPFENEARTE.

ALIMENTA√á√ÉO ‚Äď Na Pra√ßa de Alimenta√ß√£o, em uma √°rea de 2.418m¬≤, estar√£o dispon√≠veis 14 restaurantes. Para refei√ß√Ķes r√°pidas e lanches, ao longo do percurso, os visitantes encontrar√£o cinco foodbikes, 18 estandes e quatro quiosques de alimenta√ß√£o artesanal. No mezanino, asop√ß√Ķesser√£oo Bar Seu Boteco, com √≥timos petiscos, e o polo de cervejarias artesanais, repetindo o sucesso do ano anterior. No piso inferior, uma cafeteria servir√° tapiocas.

SUSTENTABILIDADE– Todo o material recicl√°vel produzido pelo evento ser√° coletado, separado e doado √† Cooperativa Bola na Rede, respons√°vel pela destina√ß√£o adequada dos materiais, comercializando-os para ind√ļstrias recicladoras. O √≥leo de cozinha utilizado na Pra√ßa de Alimenta√ß√£o tamb√©m ter√° destina√ß√£o correta.

FENEARTE CIDADANIA – A segunda edi√ß√£o da Fenearte Cidadania vai atender at√© 100 crian√ßas por dia e oferecer atividades educativas e culturais durante os dias da Feira. O espa√ßo Cidadania busca combater casos de trabalhoinfantil e abuso e explora√ß√£o sexual de crian√ßas e adolescentes. No local, haver√° uma programa√ß√£o di√°ria de atividades culturais e educativas, como exibi√ß√£o de filmes, apresenta√ß√Ķes teatrais, oficinas e conta√ß√£o de hist√≥ria. A proposta √© desenvolvida pela Secretaria Estadual de Desenvolvimento Social, Crian√ßa e Juventude (SDSCJ) e faz parte das a√ß√Ķes dos programas Aten√ß√£o Redobrada, coordenado pela Executiva de Pol√≠ticas para Crian√ßa e Juventude (Sepcj), e de Erradica√ß√£o do Trabalho Infantil (PETI), da Executiva de Assist√™ncia Social (Seass).

SELO LIBERT‚ÄôARTE ‚Äď Durante a Fenearte, o Governo de Pernambuco d√° mais um passo para fortalecer o vi√©s social do Pacto pela Vida. Na abertura da Feira ser√° lan√ßado o selo Libert‚ÄôArte. A marca estar√° presente em etiquetas e embalagens de itens artesanais confeccionados por adolescentes da Funda√ß√£o de Atendimento Socioeducativo (Funase). Os produtos estar√£o √† disposi√ß√£o para mostra ou venda em um estande exclusivo da institui√ß√£o. Ao adquiri-los, o p√ļblico estar√° contribuindo com o processo de reintegra√ß√£o desses jovens √† sociedade por meio da cultura e da arte. No cat√°logo de produtos, haver√° trabalhos manuais desenvolvidos durante oficinas ao longo do ano e oriunda de unidades de interna√ß√£o, interna√ß√£o provis√≥ria e semiliberdade de todo o Estado.

ACESSIBILIDADEA Fenearte ir√° oferecer visitas guiadas gratuitas com audiodescri√ß√£o para pessoas com defici√™ncia visual, com defici√™ncia sensorial ou com dist√ļrbios de aten√ß√£o e visitas guiadas com Libras para pessoas com defici√™ncia auditiva. A cada dia, entre 04 e 07 de julho, ser√£o abertas 20 vagas para a visita com audiodescri√ß√£o e 40 para a visita em Libras, cada uma com tr√™s horas de dura√ß√£o. √Č garantida a gratuidade √† feira para pessoas com defici√™ncia mediante apresenta√ß√£o da carteira. Al√©m disso, estar√£o dispon√≠veis cadeiras de rodas para serem utilizadas no percurso do evento, que j√° foi projetado com rampas e corredores mais largos. Nos dias 04 e 05, as visitas ser√£o realizadas das 14h √†s 17h. E nos dias 06 e 07, das 10h √†s 13h. Oponto de encontro com a equipe de acessibilidade ser√° na recep√ß√£o. Para agendamento individual ou de um grupo √© necess√°rio informar nome e dia pretendido para o WhatsApp 81 996063464.

SOBRE OS HOMENAGEADOS

 

Mestre Baracho (in memoriam)

Nasceu em 10 de maio de 1907, em Nazar√© da Mata, Zona da Mata Norte de Pernambuco, mas foi no bairro de Caet√©s, em Abreu e Lima, Regi√£o Metropolitana do Recife, que ele viveu toda sua vida e se consagrou mestre de Ciranda e de Maracatu. Para muitos, Mestre Baracho √© reconhecidamente o ‚Äúrei da ciranda‚ÄĚ, ‚Äúo fundador da ciranda‚ÄĚ, para outros, o maior cirandeiro de todos os tempos.Suas rimas tornaram-se muito conhecidas e foram gravadasgravadas por int√©rpretes como Martinho da Vila, Maria Beth√Ęnia, Quinteto Violado, Edu Lobo, Elba Ramalho, Alceu Valen√ßa, Ney Matogrosso, entre outros artistas. Al√©m de mestre cirandeiro, Baracho foi mestre de Maracatu de Baque Solto. Falecido em 1988, aos 81 anos de idade, sua heran√ßa cultural hoje √© mantida por suas filhas ‚Äď Severina Baracho e Dulce Baracho ‚Äď que d√£o continuidade ao seu legado. Em 10.05.2019, atrav√©s da Lei 16.567 foi institu√≠do o Dia Estadual da Ciranda, em homenagem ao dia de seu anivers√°rio.

Lia de Itamarac√°

Maria Madalena Correia do Nascimento, a Lia de Itamarac√°, nasceu em 12 de janeiro de 1944. Sempre morou na Ilha de Itamarac√° e, ainda crian√ßa, come√ßou a participar de rodas de ciranda. Dan√ßarina, compositora e cantora, Lia √© considerada a mais famosa cirandeira do Brasil.Nos anos 70, a artista fez dupla jornada: de dia ¬†trabalhava em um restaurante e √† noite, cantava e comandava sua ciranda. Aposentou-se como merendeira, profiss√£o da qual se orgulha muito de ter exercido. Participou do Festival Abril Pro Rock em 1998, em plena efervesc√™ncia do Movimento Mangue Beat, e tornou-se conhecida nacionalmente. Em 2000 lan√ßou no Brasil e na Fran√ßa o CD Eu sou Lia e a agenda de shows ganhou outros contornos. Em 2004 foi agraciada com a medalha da Ordem do M√©rito Cultural em Bras√≠lia; e no ano seguinte, foi definida por lei estadual como Patrim√īnio Vivo de Pernambuco. ¬†¬†

Dona Duda

Vitalina Alberta de Souza Paz é conhecida como Dona Duda. Nascida em 11 de abril de 1923 em Jaboatão dos Guararapes, sempre gostou de fazer brincadeiras de roda com a família e os amigos. Aos nove anos, escreveu a sua primeira rima e cantou enquanto brincava de roda. Aos 19 anos, mudou-se com a família para o Janga, em Olinda, e divertia as crianças do bairro, filhos de pescadores, proibidas de dançar coco com os adultos à época. Costureira e dona de bar, fazia suas cirandas nas noites do Dia de Reis, do Sábado de Aleluia e de 7 de setembro mas o costume foi crescendo e turistas começaram a querer ver de perto a graça e o talento de Dona Duda. As cirandas, que aconteciam em um menor intervalo de tempo, passaram a acontecer duas vezes a cada fim de semana para atender a demanda de turistas que vinham de todas as partes.

COMPOSIÇÃO DA FENEARTE

√Ārea externa: Espa√ßo Janete Costa, Balc√£o de Informa√ß√Ķes, Sal√£o de Arte Popular Ana Holanda, Sal√£o de Arte Popular Religiosa, Galeria de Reciclados, Chap√©u de Palha, Fenearte Cidadania e Bilheterias.

√Ārea interna – Alameda dos Mestres, Expositores Individuais de Pernambuco setorizados por tipologia, Programa do Artesanato Brasileiro (PAB), Prefeituras e Associa√ß√Ķes de Pernambuco, Escolinha de Arte do Recife, Expositores Individuais de outros estados, Sebraes, Internacional, Fenearte Solid√°ria, Pra√ßas de Descanso e Pra√ßa de Alimenta√ß√£o com o palco.

MezaninoРPassarela Fenearte, Polo de Cervejas Artesanais, Restaurante e Bar Seu Boteco, Exposição Museu do Homem do Nordeste (Fundaj), Oficinas, Teatro Infantil, Coordenação, Rádio Fenearte e Imprensa.

REALIZA√á√ÉO ‚Äď A Fenearte √© uma realiza√ß√£o do Governo do Estado, atrav√©s do Programa do Artesanato de Pernambuco (PAPE), da Ag√™ncia de Desenvolvimento de Pernambuco (AD Diper) / Secretaria de Desenvolvimento Econ√īmico do Estado (SDEC); da Empresa Pernambucana de Turismo (Empetur) / Secretaria Estadual de Turismo; da Funda√ß√£o do Patrim√īnio Hist√≥rico e Art√≠stico de Pernambuco (Fundarpe) / Secretaria Estadual de Cultura e do Recife Convention&Visitors Bureau (RCVB). O patroc√≠nio √© SADA, Jeep, BNB. Apoio: Rede Globo, Shopping Tacaruna, Coperg√°s, CEPE, Grande Recife, Sebrae, AGEFEPE, CIPEC, Shopping RioMar, Programa do Artesanato Brasileiro, Conselho de Arquitetura e Urbanismo, Centro de Artesanato de Pernambuco.

PROGRAMAÇÃO CULTURAL

SECRETARIA DE CULTURA DE PERNAMBUCO | FUNDA√á√ÉO DO PATRIM√ĒNIO HIST√ďRICO E ART√ćSTICO DE PERNAMBUCO

PROGRAMAÇÃO DA 20ª FENEARTE

03 A 14 DE JULHO DE 2019 – CENTRO DE CONVEN√á√ēES DE PERNAMBUCO

DATA

HORA

LOCAL

ATRAÇÃO

03/07                                            QUARTA-FEIRA

14h

PALCO

SANTINO CIRANDEIRO

 

 

SOLO

BAL√Č POPULAR DO RECIFE

 

16h

PALCO

AURINHA DO COCO

 

17h

MEZANINO INFANTIL

CORDEL ANIMADO COM MARIANE BIGIO

 

18h

PALCO

CABOCLINHO KAPINAW√Ā

 

20h

PALCO

BLOCO CARNAVALESCO AMANTES DAS FLORES

 

04/07                              QUINTA-FEIRA

16h

PALCO

MANO DE BA√Č

 

17h

MEZANINO INFANTIL

CONTA√á√ÉO DE HIST√ďRIAS EM CORDEL COM SUSANA MORAIS E DIEGO GIBRAN

 

18h

PALCO

CIRANDA PERNAMBUCANA DE OLINDA DO MESTRE FERREIRA

 

20h

PALCO

MARACATU BAQUE VIRADO NAÇÃO ENCANTO DA ALEGRIA

 

05/07                                        SEXTA-FEIRA

16h

PALCO

CIRANDA PRAIEIRA

 

17h

MEZANINO INFANTIL

AS TROVADORAS

 

18h

PALCO

CABOCLINHO UNIÃO SETE FLEXAS (GOIANA)

 

20h

PALCO

HOMEM DA MEIA NOITE (PATRIM√ĒNIO VIVO)

DATA

HORA

LOCAL

ATRAÇÃO

06/07 ¬† ¬† ¬† ¬† ¬† ¬† ¬† ¬† ¬† ¬† ¬† ¬† ¬† ¬† ¬† ¬† ¬†S√ĀBADO

 

16h

SOLO

QUADRILHA UNIÃO JUNINA

 

17h

MEZANINO INFANTIL

O MATUTO – COM RAFHA SANTACRUZ

 

18h

PALCO

CIRANDA BELA ROSA DO MESTRE BI

 

20h

PALCO

TOADAS DE PERNAMBUCO

 

07/07                                                 DOMINGO

16h

PALCO

TRIBO IND√ćGENA TAPIRAP√Č

 

17h

MEZANINO INFANTIL

HIST√ďRIAS DA CAIXOLA

 

18h

PALCO

BLOCO L√ćRICO CORDAS E RETALHOS

 

20h

PALCO

CIRANDA CABOCLO (MESTRE JOSIVALDO CABOCLO)

 

08/07                                             SEGUNDA-FEIRA

(cont.)

08/07                                             SEGUNDA-FEIRA

16h

PALCO

CIRANDA POPULAR DA FORTALEZA

 

17h

MEZANINO INFANTIL

O GUARDADOR DE POETAS

 

17h

PALCO

COMPANHIA DE DANÇA INCLUSIVA TALENTO RARO

 

18h

PALCO

MARACATU ESTRELA BRILHANTE DE NAZAR√Č DA MATA

 

20h

PALCO

C√ČLIA DO COCO

 

09/07                                     TERÇA-FEIRA

16h

PALCO

NAÇÃO DO MARACATU ENCANTO DO PINA

 

17h

MEZANINO INFANTIL

CA√áANDO EST√ďRIAS

 

18h

PALCO

MESTRE ZECA DO ROLETE

 

20h

PALCO

CIRANDA SANT’ANNA

 

10/07                                    QUARTA-FEIRA

16h

PALCO

AS NETAS DE SELMA

 

17h

MEZANINO INFANTIL

MAMULENGO JURUBEBA

 

18h

PALCO

CAVALO MARINHO ESTRELA DE OURO DE CONDADO (PATRIM√ĒNIO VIVO)

 

20h

PALCO

AFOX√Č OGBON OB√Ā

DATA

HORA

LOCAL

ATRAÇÃO

11/07                                      QUINTA-FEIRA

16h

PALCO

MAZURCA DE AGRESTINA

 

17h

MEZANINO INFANTIL

PRA QUE SERVE O AMOR?

 

18h

PALCO

NO√Č DA CIRANDA

 

20h

PALCO

COCO DE RODA DE PONTEZINHA

 

12/07                                             SEXTA-FEIRA

16h

PALCO

SOCIEDADE MARACATU DE BAQUE SOLTO CAMBINDA BRASILEIRA

 

17h

MEZANINO INFANTIL

O TREM ASCENSO

 

18h

PALCO

CIRANDA IMPERIAL

 

20h

PALCO

AFOX√Č OYA TOKOL√ä

 

13/07 ¬† ¬† ¬† ¬† ¬† ¬† ¬†S√ĀBADO

(cont.)

13/07 ¬† ¬† ¬† ¬† ¬† ¬† ¬†S√ĀBADO

16h

PALCO

REISADO GARANHUNS CULTURAL DO MESTRE GONZAGA (PATRIM√ĒNIO VIVO)

 

17h

MEZANINO INFANTIL

EVARISTO A CUTIA – UMA OBRA DE POCHYUA ANDRADE

 

18h

PALCO

MESTRA ANA L√öCIA E RA√ćZES DO COCO

 

19h

PALCO

AS FILHAS DE BARACHO

 

20h

PALCO

LIA DE ITAMARAC√Ā (PATRIM√ĒNIO VIVO)

 

14/07                                  DOMINGO

16h

PALCO

CAVALO MARINHO BOI PINTADO DO MESTRE GRIM√ĀRIO

 

17h

MEZANINO INFANTIL

CORPO DE BARRO, CORAÇÃO DE FOGUEIRA

 

18h

PALCO

CIRANDA DENGOSA (CRISTINA ANDRADE – PATRIM√ĒNIO VIVO)

 

20h

PALCO

ADIEL LUNA

SERVIÇO 20ª FENEARTE

De 03 (quarta-feira) a 14 (domingo) de julho

Centro de Conven√ß√Ķes de Pernambuco

Das 14h às 22h: de segunda a sexta-feira

Das 10h às 22h: sábado e domingo

Valores dos ingressos de segunda a quinta: R$ 10 (inteira) R$ 5 (meia)

Valores dos ingressos sexta, s√°bado e domingo: R$ 12 (inteira) R$ 6 (meia)

Pontos de venda de ingressos:

Ticket Folia ‚Äď Shopping Recife (piso superior em frente ao cinema)

Ticket Folia ‚Äď Shopping Guararapes (piso t√©rreo em frente 1 √† Centauro)

Ticket Folia ‚Äď Shopping Plaza (piso superior in√≠cio da passarela)

Riachuelo ‚Äď Shopping RioMar (piso superior dentro da loja Riachuelo)

Riachuelo ‚Äď Shopping Tacaruna (piso superior dentro da loja Riachuelo)

Riachuelo ‚Äď Shopping Boa Vista (piso t√©rreo dentro da loja Riachuelo)

Centro de Artesanato de Pernambuco- Marco Zero (nos caixas da loja)
Bilheterias do evento no Centro de Conven√ß√Ķes

Venda online: http://www.ticketfolia.com

Observação: Meia-entrada para estudantes, crianças até 12 anos, professores e pessoas com mais de 60 anos

Estacionamento: Acesso ao estacionamento do Cecon ocorrer√° apenas pela Av. Agamenon Magalh√£es, a sa√≠da ser√° feita pela Av. Professor Andrade Bezerra (continua√ß√£o da Estrada de Bel√©m). Ser√£o oferecidas 3.500 vagas no Centro de Conven√ß√Ķes e F√°brica Tacaruna. Os carros de passeio pagar√£o R$ 8,00 das 7h √† 0h.

Traslado: Shopping Tacaruna – Servi√ßo de micro√īnibus gratuitos a cada 15 min do Shopping Tacaruna at√© o Centro de Conven√ß√Ķes. Dias da semana (das 13h √†s 23h). S√°bados e domingos (das 9 √†s 23h).

Expresso FenearteRioMar– Micro-√īnibus com sa√≠da do RioMar Shopping far√£o o traslado dos passageiros at√© o Centro de Conven√ß√Ķes de Pernambuco (gratuito). Os micro-√īnibus funcionar√£o das 13h √†s 23h, de segunda a sexta-feira, e das 9h √†s 23h nos finais de semana, no estacionamento do centro de compras (pr√≥ximo ao Diagmax) com destino ao Centro de Conven√ß√Ķes. O pagamento do estacionamento no shopping RioMar n√£o ser√° progressivo. O intervalo entre uma viagem e outra ser√° de 30 minutos, de acordo com a demanda dos passageiros. A iniciativa √© uma parceria da Fenearte com o shopping RioMar.

MAIS INFORMA√á√ēES:http://www.fenearte.pe.gov.br ¬†– @fenearte

CEMO realiza espet√°culos gratuitos na Semana do M√ļsico.

Concertos ocorrem até esta sexta-feira (23.11)

Prossegue at√© a sexta-feira (23) a XX Edi√ß√£o da Semana da M√ļsica do Centro de Educa√ß√£o Musical de Olinda (CEMO). A programa√ß√£o celebra o Dia do M√ļsico, que transcorre nesta quinta-feira (22.11). O acesso √© gratuito e ocorre das 9h √†s 16h.

As apresenta√ß√Ķes coordenadas por cerca de¬†40 m√ļsicos da Banda Sinf√īnica do¬†CEMO e outros artistas. Os espet√°culos envolvem concertos com grupo de choro, audi√ß√Ķes com alunos da √°rea de cordas, orquestra de flautas e muito mais.

O CEMO fica na Avenida Pan Nordestina, s/n, Salgadinho, em Olinda.

 

PROGRAMAÇÃO:

Quarta-feira

9h ‚Äď Workshop Instrumentos de Sopro com o professor David Barbosa

15h ‚Äď Grupo de Sopros OCC

16h ‚Äď Big Band G√™nesis

 

Quinta-feira

9h ‚Äď Audi√ß√Ķes com alunos da √°rea de cordas

15h ‚Äď Grupo de Choro do CEMO

16h ‚Äď Big Band do CEMO

 

Sexta-feira

10h ‚Äď MIMO ‚Äď ‚ÄúPercep√ß√£o e Criatividade por Itiber√™ Zwarg (Brasil)‚ÄĚ

14h- Coro Revivere/Valores do Passado

16h ‚Äď Orquestra de Flautas da ETECM

 

CEMOO Centro de Educa√ß√£o Musical de Olinda √© vinculado √† Secretaria de Educa√ß√£o, Esportes e Juventude do munic√≠pio. Foi fundado em 1983, pelo maestro M√°rio C√Ęncio, com a proposta de oferecer √†s crian√ßas uma oportunidade de aprenderem m√ļsica.¬†S√£o atendidos estudantes de todas as faixas et√°rias, desde crian√ßas a partir dos seis anos a idosos.¬† O Centro tamb√©m possui grupos profissionais, Banda Sinf√īnica, a Big Band, os Pequenos Cantores de Olinda, o Coro Revivere e o grupo Filhos do Choro.¬†

F71CAAF7-AABB-4065-A36B-9DB91793BCC2

Olinda promove a√ß√Ķes sobre a Consci√™ncia Negra.

Atividades acontecem em terreiros de matriz africana, no Quilombo de Xamb√° e espa√ßos p√ļblicos

55CB39FD-55C9-481B-AEB2-491C4AAE068AEm refer√™ncia a um dos s√≠mbolos de resist√™ncia do povo negro em todo o Brasil, no dia 20 de novembro √© comemorado o Dia da Consci√™ncia Negra. E a Secretaria de Sa√ļde de Olinda est√° promovendo uma s√©rie de a√ß√Ķes para marcar a data. A programa√ß√£o ocorre em terreiros de matriz africana, Quilombo Xamb√° e espa√ßos p√ļblicos.

A programa√ß√£o tem como foco fortalecer a Pol√≠tica Nacional de Sa√ļde da Popula√ß√£o¬†Negra. Com esse vi√©s, a Coordena√ß√£o de Aten√ß√£o a Sa√ļde da Popula√ß√£o¬†Negra¬†do munic√≠pio, juntamente com a Coordena√ß√£o de Promo√ß√£o em Sa√ļde e demais coordena√ß√Ķes, est√° realizando rodas de di√°logos e orienta√ß√Ķes, levando informa√ß√Ķes e sensibiliza√ß√£o para o segmento.

PROGRAMAÇÃO:

08/11/2018 (manh√£) – CAPS i (funcion√°rios) – “Cuidando de quem cuida” abordando o tema racismo com a anemia falciforme

11/11/2018 РQuiosque da Orla РConscientização sobre anemia falciforme e terapias integrativas

13/11/2018 (manh√£) – Sa√ļde nos Terreiros – Tenda de Umbanda Caboclo Flexeiro – √Āguas Compridas – Servi√ßos de Sa√ļde e Cidadania

14/11/2018 (manh√£/tarde) – Terreiro de Pai Iguara – Cidade Tabajara – Dia Alusivo ao 20 de novembro – Ciclo de Palestras e Terapias Integrativas¬† e Novembro Azul (Coordena√ß√£o de Sa√ļde do Homem)

15/11/2018 (manhã) РCAPS NISE РRoda de conversa sobre racismo, quesito raça/cor, anemia falciforme e traço falciforme

16/11/2018 (manh√£/tarde) – Academia da Sa√ļde do Alto da Conquista – Roda de conversa sobre racismo, quesito ra√ßa/cor, anemia falciforme e tra√ßo falciforme, terapias integrativas, avalia√ß√£o nutricional, HGT e aferi√ß√£o de press√£o

20/11/2018 – Secretaria Estadual de Sa√ļde – Homenagem da Coordena√ß√£o Estadual de Sa√ļde da Popula√ß√£o¬†Negra¬†para Carmem Cavalcanti

19/11/2018 (manh√£/tarde) – Congresso do Trabalhador – Terapias integrativas

20/11/2018 (tarde) – Congresso do Trabalhador – Terapias integrativas

21/11/2018 (manh√£/tarde) – Congresso do Trabalhador – Terapias integrativas

22/11/18 manh√£ –¬†Conta√ß√£o de hist√≥rias. Livro: Menina Bonita do La√ßo de Fita

23/11/2018 (tarde) – Academia da Sa√ļde de Santa Tereza –¬† Roda de conversa sobre racismo, quesito ra√ßa/cor, anemia falciforme e tra√ßo falciforme, terapias integrativas, avalia√ß√£o nutricional, HGT e aferi√ß√£o de press√£o

26/11/2018 (manh√£/tarde) – Academia da Sa√ļde de Rio Doce –¬† Roda de conversa sobre racismo, quesito ra√ßa/cor, anemia falciforme e tra√ßo falciforme, terapias integrativas, avalia√ß√£o nutricional, HGT e aferi√ß√£o de press√£o

28/11/2018 (tarde) – Quilombo de Xamb√° (I Quilombo Urbano) – Palestra sobre quesito ra√ßa/cor, anemia falciforme, tra√ßo falciforme, racismo e preconceito e Novembro Azul (Coordena√ß√£o de Sa√ļde do Homem).

Município de Olinda promove o II Festival da Tapioca.

CE05C793-0E3E-4C9A-BCDB-F1E300201BB6Comercialização da iguaria, shows e palestras integram a programação   

Pelo segundo ano consecutivo, a Prefeitura de Olinda ir√° promover o¬†II Festival da Tapioca¬†da cidade. Nos dias 02, 03 e 04 de novembro a Pra√ßa do Carmo e o Alto da S√© v√£o receber um evento da iguaria, que √© famosa entre os nordestinos, e tamb√©m √© considerada Patrim√īnio Imaterial e Cultural do munic√≠pio. O evento contar√° com comercializa√ß√£o do produto, apresenta√ß√Ķes de shows, palestras, concurso da melhor tapioca e um Parque Infantil. Cerca de 50 tapioqueiras ir√£o participar do evento com barracas personalizadas para comercializar seus produtos. O festival √© uma parceria entre a Secretaria de Patrim√īnio, Cultura, Turismo e Desenvolvimento Econ√īmico de Olinda e a C√Ęmara dos Dirigentes Lojistas (CDL).

 

No Polo da Pra√ßa do Carmo, a programa√ß√£o da sexta-feira (02.11) come√ßa √†s 16h, com mesa redonda com o tema ‚ÄúPromo√ß√£o da cadeia produtiva da mandioca”. J√° √†s 18h o p√ļblico pode conferir cortejo de maracatu, na sequ√™ncia tem banda Prakt√° e, √†s 22h, show do cover de Reginaldo Rossi,¬†Reinaldo Rossi.¬†

 

No s√°bado (03.11), √†s 18h, tem apresenta√ß√£o de¬†Coco de Seu Man√©, depois¬†Samba das Pretas e¬†Banda de Seu Lunga.¬† J√° no √ļltimo dia do Festival, no domingo (04.11), √†s 16h30, sobem ao palco¬†Capim Santo, na sequ√™ncia tem apresenta√ß√£o da banda¬†Os Ca√ßulas do Forr√≥, com participa√ß√£o de¬†Nerinho do Forr√≥.¬†√Äs 20h30 as pessoas podem conferir a¬†Banda J√ļnior Chumbago e Fam√≠lia.

 

Quem quiser conferir o Festival da Tapioca no Polo do Alto da Sé, na sexta-feira (02.11), acompanhará, às 17h, o Cozinha Show, que será um momento para os chefes de cozinha elaborarem pratos diferenciados com tapioca e a população degustar. Logo depois tem apresentação de Ciranda e Coco. E no sábado (03.11), também haverá uma segunda sessão do Cozinha Show, às 17h, e ,às 18h30, apresentação do Porto Voz e Violão.

 

‚ÄúO Festival da Tapioca chega na segunda edi√ß√£o para consolidar a cadeia produtiva da mandioca, estimular a economia da cidade e beneficiar tanto as tapioqueiras quanto ao p√ļblico que vai conferir o evento. Por isso, n√≥s, solicitamos a C√Ęmara Municipal para implantar a Festa no calend√°rio da cidade‚ÄĚ, ressaltou o secret√°rio de Patrim√īnio, Cultura, Turismo e Desenvolvimento Econ√īmico, Jo√£o Luiz.

M√ļsica, artesanato e lazer agitam o S√≠tio Hist√≥rico de Olinda.

Projeto¬†Rua¬†Cultural¬†traz atra√ß√Ķes gratuitas e para todas as idades.A1AF75BA-B6D7-434A-A5D3-18A57E4C42BDA1AF75BA-B6D7-434A-A5D3-18A57E4C42BD¬†

Neste s√°bado (20), o S√≠tio Hist√≥rico de Olinda abre espa√ßo para o lazer voltado a toda a fam√≠lia em mais uma edi√ß√£o do projeto ‚ÄúRuaCultural‚ÄĚ. O festival conta com diversas atra√ß√Ķes, a partir das 14h, na Pra√ßa Laura Nigro, pertinho do Mercado da Ribeira. Gratuitamente, moradores e turistas poder√£o conferir uma feira de artesanato e empreendedorismo, al√©m de ensaios de capoeira e dan√ßa. Vai rolar ainda o microfone aberto com o melhor da MPB. A boa pedida tamb√©m √© degustar a gastronomia regional e conferir a passagem dos blocos que j√° aquecem os clarins do maior Carnaval do mundo.

 

SERVIÇO:

O quê? Projeto Rua Cultural, em Olinda

Quando? Sábado (20), a partir das 14h

Onde? Praça Laura Nigro (próximo ao Mercado da Ribeira)

Em Olinda, Baile a Dois lança encontro marcado nas sextas-feiras.

F3603F52-2C0E-4499-A024-9B537994370DOs ingressos custam de R$ 15 a R$ 20

Os amantes do bolero, samba, forr√≥ e tango j√° podem anotar na agenda! Nas¬†¬†sextas-feiras, a partir das 16h, a Casa de Apoio ao Profissional de Arte e Cultura ‚Äď CAPAC, que fica na Pra√ßa Dantas Barreto, em Olinda, receber√° os encontros marcados para treinar e riscar o sal√£o com os passinhos ‚Äúdois para l√° e dois para c√°‚ÄĚ.¬†O Baile a Dois, nesta¬†sexta (28.09), recebe DJ Daniel e Banda Baladois para fazer a primeira festa da nova op√ß√£o de lazer da Cidade Patrim√īnio.

Quem for conferir o¬†Baile a Dois¬†poder√° adquirir seu ingresso no local.¬†Na festa o p√ļblico ter√° a oportunidade de se divertir com seguran√ßa e conforto, e tamb√©m concorrer a sorteios de brindes. Al√©m desses ingredientes, o evento ir√° proporcionar um card√°pio especial para o dia.

Os ingressos custam R$15,00 (individual) e R$20,00 (casal). O baile tem início,  às 16h, e termina às 22h.

Mais informa√ß√Ķes pelo n√ļmero:¬†(81)¬†3493-1206.

Evento gratuito com m√ļsica de qualidade em Olinda.

DC5682C5-E370-44BF-B869-BF989C56B8C6Circuito de cordas e interc√Ęmbio Brasil e B√©lgica d√£o o tom do espet√°culo no CEMO

Nesta quinta-feira (27.09), √†s 19h, o¬† Centro de Educa√ß√£o Musical de Olinda (CEMO) vai promover mais um encontro do Circuito das Cordas 2018. Sob a reg√™ncia do Prof. Newton Banks Jr, alunos do Centro e o p√ļblico em geral podem acompanhar as apresenta√ß√Ķes que est√£o encantando amantes da m√ļsica na Marim dos Caet√©s. Com tudo gratuito, viol√£o, harp guitar e ukelel√™ ser√£o estrelas do evento. No mesmo dia, o CEMO tamb√©m realiza o Projeto Interc√Ęmbio Cultural – Alian√ßa Brasil e B√©lgica.¬†

 

Os concertos, valorizando instrumentos de corda, acontecem no audit√≥rio do CEMO, localizado na Av.Pan Nordestina, em Salgadinho. A programa√ß√£o teve in√≠cio em junho e segue at√© novembro. J√° se apresentaram Andr√©a Alencar, Rebeca Rezende, Tony Bello e outros nomes da nossa m√ļsica.

 

INTERC√āMBIO

No mesmo dia, das 14h √†s 16h30, o CEMO tamb√©m promove o espet√°culo que une as culturas do Brasil e da B√©lgica em um pocket show gratuito. √Č o projeto Interc√Ęmbio Cultural, que contar√° com a presen√ßa dos m√ļsicos belgas Katrien Van Remortel e Wouter Vandenabeele.

Primeira semana de Arte na cidade de Paulista – PE.

1ª Semana de Arte de Paulista do Fome de Quê? РComedoria & Pub homenageia Hildebrando Eugênio de Souza e celebra cultura local com artistas da terra e ícone do rádio pernambucano

A 1¬™ Semana de Arte de Paulista do Fome de Qu√™? – Comedoria & Pub reunir√° artes pl√°sticas, m√ļsica, literatura e gastronomia na Cidade de Paulista-PE. Em comemora√ß√£o ao anivers√°rio dos 83 anos de emancipa√ß√£o pol√≠tica da Cidade de Paulista-PE ocorrido no √ļltimo dia 04, a casa Fome de Qu√™? – Comedoria & Pub promover√° a 1¬™ Semana de Arte de Paulista com a proposta de realizar um resgate hist√≥rico da cidade e destacar seu potencial art√≠stico‚Äďcultural. O evento traz como grande homenageado o escultor e pintor Hildebrando Eug√™nio de Souza (in memoriam).

A iniciativa ocorre no per√≠odo de 25 a 27 de setembro, das 11h √†s 22h, e proporcionar√° ao p√ļblico presente um diversificado card√°pio cultural e uma boa op√ß√£o de lazer para os amantes das artes, com exposi√ß√£o de artes pl√°sticas e de esculturas em madeira, cer√Ęmica, cutelaria e resina na madeira e decoupage em betume. Entre os principais destaques da iniciativa est√° a exposi√ß√£o do artista pl√°stico Erick Albuquerque, a noite de aut√≥grafos com o comunicador Geraldo Freire e o Jornalista Eug√™nio Jer√īnimo e a participa√ß√£o do Grupo Confraria Cultural, coletivo de artes√Ķes da Regi√£o, capitaneados por Josa Lyra, Daniel Pereira, Everaldo Alves, entre outros. Os artistas estar√£o presentes para confraternizar e receber o p√ļblico a partir das 16h e as obras tamb√©m estar√£o √† venda no local.

Uma das presen√ßas ilustres do evento ser√° a do radialista Geraldo Freire, o Comunicador da Maioria, e do jornalista Jer√īnimo Eug√™nio, autores da biografia ‚ÄúO que eu disse e o que me disseram ‚Äď a Improv√°vel vida de Geraldo Freire‚ÄĚ. O livro, j√° em sua segunda edi√ß√£o, √© considerado um grande sucesso editorial na Regi√£o, tendo sido escrito em duas partes. O jornalista, escritor e professor Eug√™nio Jer√īnimo √© o respons√°vel pela biografia do mais popular radialista pernambucano, e este, por sua vez, conta passagens de uma trajet√≥ria de vida rica em epis√≥dios engra√ßados, pitorescos, de pessoas an√īnimas ou de gente importante que conheceu e de personalidades que pontuaram a vida do Pa√≠s

nos √ļltimos 50 anos, incluindo a√≠ v√°rios presidentes da Rep√ļblica. O p√ļblico poder√° aproveitar este momento para adquirir o livro e conseguir o aut√≥grafo dos autores no dia 27 de setembro, a partir das 19h.

Para a abertura e encerramento do evento, a casa investe em atração musical com show de voz e violão de Pechy e com Rafa Emery, respectivamente.

PROGRAMAÇÃO:

25 DE SETEMBRO

16h РExposição de Artes Plásticas e Escultura.

20h ‚Äď Espet√°culo de abertura: Pechy.

26 DE SETEMBRO

16h РExposição de Artes Plásticas e Escultura.

27 DE SETEMBRO

16h РExposição de Artes Plásticas e Escultura.

19h РNoite de autógrafos da biografia “O que eu disse e o que me

disseram ‚Äď a improv√°vel vida de Geraldo Freire‚ÄĚ, com a presen√ßa dos

autores Geraldo Freire e Eug√™nio Jer√īnimo.

20h30 – Espet√°culo de encerramento: Rafa Emery.

SERVIÇO:

1ª Semana de Arte de Paulista

Local: Fome de Quê? (Av. Marechal Floriano Peixoto, 87, Paulista-PE)

Período: 25 a 27 de setembro

Horário: Das 11h às 22h

Entrada: Gratuito.

Facebook: www.facebook.com/Fomedequepaulista

Instagram: fome_de_que_paulista

Via ASSESSORIA DE IMPRENSA:

Vox Produ√ß√Ķes20FCD024-D802-4771-B6E4-E827F439AC59